ORGULHO OU ORGULHOSA...



Dizem que a humildade deve estar constantemente em nossa vida, às vezes as pessoas demonstram tal sentimento para elevar-se como uma pessoa boa e de caráter e outras nem sabem que ela existe até passar por alguma situação desesperada ou não tão desesperada assim.

Bom... Aprendi a ser orgulhosa por cada etapa de minha vida e nunca pedia ajuda por vergonha de nunca saber nada e não admitir minhas falhas em alguns assuntos (orgulhosa). Acho que confundi as coisas quando aprendi sobre o orgulho.

Certa vez fui convidada por uma amiga a trabalhar em um cursilho (movimento eclesial de evangelização cristã), aceitei por educação, pela amizade não pela igreja e o mais certo a dizer é e sempre foi pela curiosidade mesmo.

Quando cheguei lá descobri que não poderia ter contato com ninguém, uma vez que passasse por aqueles portões estaria enclausurada, apenas rezando e trabalhando em prol das pessoas que estariam lá participando das palestras as quais não poderiam nos ver e nem nós a elas. Achei estranho e ao mesmo tempo legal. 

Os trabalhos eram arrumar os quartos que para os visitantes seria como magia, preparar as refeições e cuidar de vários preparativos sempre visando o bem estar dos visitantes e rezar o tempo todo. 

As mulheres se agruparam em um reservado e lá foram distribuídas as tarefas e eu logo de cara comecei a rezar para que não fosse a cozinheira, pois sou péssima na cozinha. Para minha surpresa as tarefas não tinham nada a ver com a pessoa, por exemplo, eu seria a secretaria e nem sabia mexer em uma maquina de escrever, uma senhora que estava elegantemente vestida que parecia mais com secretaria foi incumbida a limpar o banheiro. Eu fiquei apavorada, mas quando olhei para a cara da pessoa ela estava mais apavorada ainda, confessou que nunca havia limpado um banheiro e nem saberia como, fiquei com dó.

Mas enfim fomos dormir e no outro dia começou as tarefas, fui até uma sala preparada para meus deveres e comecei a colocar papeis em ordem, abrir correspondências e colocar pequenos agrados nos quartos das visitantes, Quando cheguei perto da maquina fui com medo como se ela fosse me devorar, até fui me virando bem, mas meu trabalho estava muito demorado, pois ficava datilografando como a galinha come o milho. Fiquei aborrecida, mas ainda sim não me dei por vencida, nada de pedir socorro ou ajudar. Quando estava me encaminhando para a capela percebi a senhora elegante sofrendo para fazer a faxina nos banheiros e como eu ela estava se esforçando, achei bem pior que minha função. 

A noite quando todos já haviam se recolhido, levantei bem devagar, fui até a cama daquela senhora, a cutuquei e lhe disse:

- Eu não sei datilografar, não sei nada, na verdade estou preocupada.

Ela sorriu e me respondeu:

- Eu não sei limpar banheiro, acho nojento, na verdade estou apavorada, me ajuda?

- claro – respondi a ela – foi para isso que vim aqui, pedir socorro, venha tenho uma ideia.

Levei-a até o escritório e mostrei o trabalho. Propus a ela fazer meu trabalho que iria fazer o dela e tudo a noite. De imediato aceitou e foi assim que fizemos naqueles quatro dias de cursilho.

Para nossa surpresa no final do cursilho a encarregada disse que todos ali foram orgulhosos menos eu e a senhora elegante. Por incrível que pareça era nossa atitude que elas queriam que acontecesse com todas e ainda nos disse que não precisava ser escondido, porque em nenhum momento ela havia proibido de nos ajudarmos.

Entenderam a lição que aprendemos naquele dia? 

Achávamos que iriamos ajudar os visitantes e na verdade nós é que aprendemos uma linda lição.

Nunca mais quis participar de cursilho, foi legal, porem não gostei de ficar presa sem poder ficar com minha família e tem outra coisa que achei muito chata, mas esta eu guardo para mim... rs



Obs.: Em momento algum a senhora toda elegante se comportou como se não fosse fazer o trabalho, com toda sua repulsa em trabalhar como faxineira foi humilde e cumpriu seu trabalho muito bem antes que receber minha proposta.

Comentários

  1. Verinha,

    Eis-me aqui no teu blogue. Sou a tua primeira seguidora.
    Não entendi bem o porquê desta mudança, mas respeito e aqui estou contigo na tua nova "casa". ;)
    Querida, deixei-te um comentário no teu blog antigo, explicando o porquê da minha ausência nos últimos meses.

    Bom, em relação post acho que está muito. Tu não foste nada orgulhosa, pediste ajuda e foste ajudada, como também estendeste a mão. Ser humilde, é reconhecer que algo não está bem e pedir ajuda a quem sabe e tu, assim o fizeste.

    Beijinhos grandes com saudades,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/2014/04/historia-com-letra-a.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cris amiga querida.
      Obrigada amiga pelo respeito e compreensão, foi uma forma de continuar por aqui e me animar um pouco. Entendi perfeitamente sua ausência e por estranho que possa parecer fiquei feliz que foi seu PC e não você doente. Tive que rir em saber que seu PC tem cinco anos o meu tinha seis e fui obrigada a comprar um outro, minha filhinha dizia que ele era um dinossauro de tão velho.
      Estava tentando para ver se conseguia fazer algo para seu desafio mas ainda não consegui... rsrsrs É difícil
      Ainda vou tentar novamente.
      Também estava com saudades, mas vamos tentar ficar mais em contato. Beijos.

      Excluir
    2. Olá amiga Verinha!

      Vim desejar-te um bom dia. Aqui em Portugal é Primavera, então venho aqui para te trazer alegria. :)
      Já passou o vírus que tinhas?
      Passa o combofix, para eliminar esse vírus e senão passar, bom, então precisas ser formatada. :)))
      Estou a brincar contigo ;)
      Também estive doente, não foi só o pc. Não gosto de me queixar, não foi nada assim grave. Já passou!
      Tens todo o tempo do mundo para fazer o desafio. Quando tiveres feito, mostras-me.

      Uma tarde linda para ti.

      Beijinhos,

      Cris Henriques

      http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/

      Excluir
  2. Em primeiro lugar, parabéns pelo novo blog! Tá lindo e o conto muito legal! Que bom que ao final, quem saiu ganhando mais foi quem pensou que estaria lá ajudando! Ficou ótimo! um beijo,tudo de bom, semana linda pra ti! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica tu é uma fofa, me deixa super feliz que tenhas gostado, estarei postando um dia sim e outro irei fazer visitas. Foi realmente gratificante, fiquei de boca aberta, eu era bem jovem nesta época.
      Beijinhos e uma linda semana.

      Excluir
  3. Eis me aqui! Aumentando um ponto foi inaugurado com um belo conto, parabéns!
    Grande abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sonia
      Estou super feliz que estejas aqui também, Obrigada.
      Outro abraço. beijos.

      Excluir
  4. Oi Verinha, que bacana esse blog, parabéns e sucesso!

    Bom, vamos ao texto:
    Achei fantástica sua experiência e das demais, incluindo logicamente a senhora sua amiga de aflições rsrs!!
    Creio que tudo aquilo foi para melhorar o crescimento interior e eu não esperava menos de você, querida!

    Estou seguindo e já sou fã... vamos aumentando um ponto, ok?

    beijão, flor e enche a casa de flor que eu to voltando rs

    Lu C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lu
      Obrigada por estar aqui e pela gentileza das palavras. Nossa imagine como sai de lá, super surpresa com tudo e feliz. Aprendemos onde menos esperamos, valeu a experiencia com certeza.
      Te aguardo e logo estarei por lá também. Beijinhos.

      Excluir
  5. Verinha, em primeiro lugar queria lhe parabenizar pelo layout lindo que vc colocou nesse espaço que é novo pra mim. Gostei mesmo, vai fazer sucesso:)
    Em segundo, humildade foi uma coisa que aprendi na raça. Foi uma lição bem difícil, mas descobri que quando nos abrimos à ideia de que somos seres falhos e que precisam de ajuda, ficamos mais capazes de fazer tudo de uma maneira melhor. Não sei se é só comigo, mas com a humildade todos os meus trabalhos academicos melhoraram 50%. Não sou humilde todo o tempo, infelizmente, mas estou tentando ficar kkkk beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aleska.
      Feliz da vida com sua presença, este fato aconteceu quando era mais nova e com certeza me marcou muito sim, tive uma lição maravilhosa porque todas ali estavam no mesmo barco de dificuldade, depois disso me interessei em varias coisas que não sabia, inclusive datilografia. Estamos que estar preparados para qualquer eventualidade não é mesmo?
      Eu no pouco que lhe conheço te acho humilde e generosa isso eu tenho certeza, dizem os chineses que temos que ter um equilíbrio para com os sentimentos, orgulho temos que ter sim mas em dose controlada e pedir ajuda não nos faz fracos e sim cada vez mais fortes. E acredito sim que nossos problemas são mais facilmente sanados com o fato de admitirmos não saber tudo. O mundo é uma escola.
      Obrigada pela presença. Beijinhos.

      Excluir
    2. Faltou dizer: Obrigada pelo elogio sobre o blog...

      Excluir
  6. Oi Verinha!
    Vim e 'fiquei'... ;-)
    Nesse episódio, vc juntou a humildade de respeitar uma aptidão sua e orgulho do que vc sabia fazer.
    A mulher "elegante como uma secretária" foi a pessoa certa, no lugar e hora certos pra lhe mostrar isso... e aprendeu que limpar o banheiro não é tão simples... asseguro-lhe que aprender datilografia é mais fácil. ;-)

    Acabo de perceber, que é preciso ser humilde, pra depois poder ter orgulho de si mesma e alcançar o equilíbrio.
    Parabéns e obrigada!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jan
      Sempre digo que limpo uma casa como ninguém e aprendi muitas coisas trabalhando de domestica, foi assim que consegui me forma. Hoje não tenho ninguém em casa faço tudo sozinha apesar que o trabalho me consome quase que o tempo todo, as vezes peço socorro...rsrsrs as super diaristas.
      Também tem minha saúde que esta um pouco debilitada.
      Também acho Jan, datilografia é bem mais fácil e prazerosa, sei porque sai de lá dizendo que iria fazer um curso e fiz, preparação para os imprevistos que a vida nos coloca a frente.
      Adorei seu desfecho: "é preciso ser humilde, pra depois poder ter orgulho de si mesma e alcançar o equilíbrio."
      Fascinante.
      Super feliz em te-la por aqui, seja sempre bem vinda.

      Excluir
  7. Olá, querida amiga Verinha
    sim, ficou lindo o novo blog, meus muito parabéns, sucessos e felicidades!
    sim,belo o seu relato e aí a primeira prova de humildade, somente uma pessoa humilde compartilha suas experiências com colegas e amigos, o orgulhoso as guarda para si mesmo...e uma pessoa humilde diz: deve haver uma maneira melhor para fazer isto ( e tu e a senhora "elegante" descobriram.... a pessoa orgulhosa afirmaria, sempre fiz ou nunca fiz e não vou mudar meu estilo...
    ...Obrigado pelo carinho, bela semana, beijos!
    fui...

    Creio que tudo aquilo foi para melhorar o crescimento interior e eu não esperava menos de você, querida!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido amigo, você chegou e é uma alegria recebe-lo.
      Obrigada pelas belas palavras, tenho horror a pessoas que se menos prezam pelo que faz ou fez, acho que a tragetoria de nossa vida tem que ser compartilhada para poder de alguma forma ajudar alguém. A simplicidade e humildade me encantam e procuro viver o mais cristalina possível, sou ainda uma aprendiz com certeza.
      Novamente agradeço pelo carinho e presença.
      Bela semana também e beijinhos.

      Excluir
  8. Oi, Vera!
    Novo blog, nova cara, novos rumos, novos ares.
    Parabéns pelo novo cantinho, que começastes arrasando com este retrato de seu passado. Foi uma lição valiosa que aprendestes, e agora nos ensinas compartilhando este relato.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Já cá estou, depois venho ler com atenção...BJO :)

    ResponderExcluir
  10. Nada melhor do que se dedicar a ajudar e depois perceber que quem foi beneficiado mesmo foi vc. bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

AMOR... ALEGRIA... PAZ... HARMONIA E O MEU CARINHO

UMA PASSADINHA SEM PROMESSAS. OBRIGADO POR SEU CARINHO...

FELIZ PASCOA NA BLOGOSFERA...